IDERJ: (021) 2537-2611 / 2537-2108 / 98225-7569
CDPA: (021) 2522-1389 / 2522-1598 / 97119-2306
Portuguese English Spanish

IDERJ

banner_iderj

Localizado em um dos pontos mais nobres do Rio de Janeiro, a Lagoa Rodrigo de Freitas, o Instituto de Dermatologia e Estética do Rio de Janeiro (Iderj) traz um novo conceito de aliança entre saúde e beleza, congregando o respaldo e a credibilidade científica com o cuidado e o aconchego. Uma estrutura completa em prol da dermatologia da mais alta qualidade.

Centro Diagnóstico em Lesões Pigmentadas

20150211_18065720150211_18041420150211_180627FullSizeRender FullSizeRender_1 FullSizeRender_2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lesões pigmentadas podem ser benignas ou de risco. O monitoramento destas lesões é fundamental para a detecção precoce do câncer de pele. A dermatoscopia, exame não-invasivo que possibilita a análise das camadas internas da pele e das estruturas componentes das lesões cutâneas, evita biópsias desnecessárias por permitir a avaliação detalhada das lesões baseada na chamada regra do ABCD: Assimetria, Bordas, Coloração e Diâmetro.
A lesão que era redonda e passa a ser assimétrica deve ter atenção especial, assim como as que apresentam bordas que se tornam irregulares. O surgimento de cores diferentes como preto, azul, cinza, esverdeado e tons de marrom, e a mudança de tamanho, diâmetro, também são fatores considerados na avaliação das lesões pigmentadas.

Veja como fazer o autoexame da pele:

Responsáveis:

Dra. Marcela Benez

Dra. Juliane Rocio Neves

Dra. Luna Azulay

Centro Diagnóstico em Cabelo - CDC

unnamed-(1) unnamed-(2) unnamed

 

 

 

 

 

 

O Centro Diagnóstico em Cabelos do IDERJ possui experiência e capacitação para diagnóstico e tratamento das diversas afecções do couro cabeludo e dos cabelos.

A queda e a alteração dos cabelos são sinais clínicos que devem ser corretamente diagnosticados e investigados, para que se possa estabelecer um tratamento adequado a cada condição.

Atualmente dispomos no IDERJ de uma valiosa ferramenta para avaliação do couro cabeludo e dos cabelos: a Vídeodermatoscopia.

Este exame de alta especificidade proporciona uma detalhada e minuciosa análise do couro cabeludo e dos fios, auxiliando no diagnóstico e no acompanhamento de diversas condições capilares.

Se você apresenta alguma alteração em seus cabelos ou couro cabeludo, marque uma consulta pelo telefone (021) 2537-2108.

Responsáveis:

Dra. Marcela Benez

Dra . Luna Azulay

Cirurgia Dermatológica

A Cirurgia Dermatológica é uma área de atuação da Dermatologia que abrange procedimentos diversos, capazes de remover ou modificar a pele e o tecido celular subcutâneo, sejam eles diagnósticos, cirúrgicos, cosmiátricos ou oncológicos. Dentre os procedimentos realizados, podemos destacar: cirurgia e procedimentos a laser, criocirurgia, remoção de pintas e sinais, eletrocirurgia, preenchimentos, cirurgia Micrográfica de Mohs e eletrocirurgia, cirurgia de unha e transplante de cabelos.

O profissional que realiza tais procedimentos é obrigatoriamente um médico dermatologista, com título de especialista em dermatologia e aprovado em concurso pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Deste modo, ao conhecimento clínico da fisiologia da pele e de suas patologias, soma-se o domínio das técnicas cirúrgicas, assegurando mais segurança aos pacientes tratados.

Abrangente, a Cirurgia Dermatológica engloba desde tratamentos para melhorar a qualidade de vida e a auto-estima de seus pacientes – como peelings e preenchimentos, por exemplo – até tratamentos para câncer de pele e outras doenças, utilizando o que existe de mais moderno em terapêutica médica. Ela pode ser dividida em:

  • Cirurgia básica – remoção de pintas, cistos,lipomas, unha encravada, etc.;
  • Cirurgia avançada – retirada de tumores e cânceres de pele, enxertos, correção de cicatrizes, etc.;
  • Cirurgia corretiva – tratamento de cicatrizes de acne, tatuagens, manchas, etc.;
  • Cirurgia cosmética – transplante de cabelos, cirurgia de pálpebra, lipoaspiração tumescente, e outras;*
  • Procedimentos dermatológicos – toxina, laser, etc.

Os cirurgiões dermatológicos são os profissionais que possuem mais condições de cuidar de problemas como um hematoma, uma cicatriz ou uma mancha, pois são médicos completos e especializados em doenças de pele e procedimentos, que dominam todos os processos.

(retirado do Site da SBCD – Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica)

Responsáveis:

Dra. Marcela Benez

Dra. Juliane Rocio Neves

 

*Essa área da Cirurgia Dermatológica não é realizada no Centro Dermatológico Prof Azulay.

Centro de Tratamento da Unha - CTU

O Centro de Tratamento da Unha (CTU) engloba tanto a parte médica quanto a podologia e quirologia. A podologia é uma área da saúde especializada nos pés. Tem como objetivo auxiliar no tratamento dos pés junto a diferentes áreas médicas como: dermatologia, ortopedia e angiologia, por exemplo. A quirologia auxilia o tratamento dos problemas diagnosticados nas unhas das mãos.

Em nosso Centro, realizamos a videodermatoscopia, exame não-invasivo feito através de uma câmera que filma as lesões na pele e nas unhas e transmite a imagem para um computador, permitindo uma análise detalhada das lesões. Este exame é uma ferramenta fundamental no diagnóstico de problemas nas unhas.

Responsáveis:

Coordenação: Dra. Luna Azulay

Podóloga: Joelma Santos

Dermatologia estética

Clique nos assuntos e conheça mais sobre os principais problemas estéticos:

*No IDERJ, orientamos quanto ao tratamento clínico.

Estética facial e corporal

  • Limpeza de pele com aplicação de neve carbônica: a neve carbônica possui ação anti-séptica, antiinflamatória e calmante. Este método quase indolor consiste numa ponta congelada de um aparelho aplicada sobre as lesões que são destruídas pelo frio intenso.
  • Esfoliação facial com ácido mandélico
  • Esfoliação facial (salt e oil scrub): esfoliação feita com gel esfoliante líquido. Também indicado no pré e pós operatório.
  • Hidratação para mãos e pés
  • Limpeza de pele com drenagem linfática facial
  • Máscaras
  • Peeling de Cristal (realizado por dermatologistas): é usado um aparelho que possibilita uma abrasão leve à moderada para a retirada de tecido morto. O paciente pode retomar suas atividades logo após o realizar o procedimento.

Fototerapia

011010

 

 

 

 

 

 

 

 

É uma técnica terapêutica que consiste na emissão artificial e indolor de radiação ultravioleta (UVA e UVB), fornecida através de aparelhos especiais com lâmpadas fluorescentes. O método, inicialmente utilizado para tratar a psoríase e o vitiligo, é utilizado em cerca de 40 doenças como linfomas cutâneos de células T e doença enxerto contra hospedeiro. A fototerapia, quando associada a medicamentos – que são substâncias foto ativas, os psoralenos – recebe o nome de puvaterapia. Quando é usada apenas a radiação UVB com comprimento de onda de 311nm o procedimento é chamado narrow-band (NB-UVB) ou ultravioleta B de banda estreita.

Os pacientes que sofrem de psoríase moderada a grave poderão ter ainda como tratamento o bath-puva. Nesse, o medicamento fica diluído na água do banho que dura de 20 a 30 minutos. Imediatamente depois, o paciente entra na cabine de fototerapia. Vale lembrar que o tempo entre o banho e a exposição ao UVA tem que ser curto.

Esse procedimento é indicado quando há intolerância ao remédio oral ou quando o paciente opta por não fazer uso do medicamento em virtude de sua toxidade. Também é conveniente porque dispensa a proteção ocular necessária para os que tomam o psoraleno. No CDPA temos a máquina para fazer PUVA. No IDERJ (Av. Alexandre Ferreira, 206), temos todas as modalidades de fototerapia.

Algumas doenças eficazmente tratadas pela FOTOTERAPIA:

Laser/Luz pulsada

  • Laser Light Sheer: Técnica moderna e eficaz para redução definitiva de pelos, que utiliza feixes de luz para atingir as células germinativas destes, destruindo-as por super aquecimento, evitando que os pelos voltem a crescer. Para depilação epilação, é necessário não ter depilado com cera quente/fria por, no mínimo, 30 dias recentemente. A área deve ser depilada (raspada) com gilete, e, se o paciente preferir, anestesiar com pomada. Os pelos brancos e finos não conseguem ser tratados com esta técnica, eventualmente usamos a ELETRÓLISE.
  • Laser Fracionado e Ablativo: Técnica empregada no tratamento de estrias, de algumas cicatrizes de ácne ou mesmo para ressurfacing.
  • Luz Pulsada: É uma tecnologia eficiente, empregada para a remoção de manchas e alguns vasos na face; promove a estimulação da formação de colágeno, resultando em aspecto resjuvenecido.

Laser Erbium: YAG Fracionado

O que é o tratamento com Laser Fracionado?

O laser fracionado atua através da fototermólise fracionada, quando apenas uma fração da pele é atingida. O laser atinge a pele em pequenas colunas, ficando intacta a pele ao seu redor. Essas áreas que não foram lesadas são responsáveis por uma recuperação rápida da pele, permitindo maior segurança do procedimento e a volta do paciente às suas atividades mais rapidamente.

Quais as indicações?

Rejuvenescimento;
Cicatrizes de Acne e outras cicatrizes;
Estrias;
Alguns tipos de manchas;
Melhoria da qualidade e textura da pele através do estimulo de colágeno, o que deixa a superfície da pele mais lisa e firme.
Quantas sessões são necessárias?

Após a primeira sessão já é possível perceber uma melhora da pele, porém, para um resultado mais eficaz, são feitas geralmente três sessões. No caso de tratamento de cicatrizes de acne, são necessárias mais sessões. O intervalo entre sessões é flexível, entre 30 e 60 dias.
Os resultados são imediatos e progressivos, podendo ser percebidos de dois a três meses após as aplicações.

Luz Intensa Pulsada

O que é luz intensa pulsada?

A luz intensa pulsada é um tratamento não invasivo que promove o rejuvenescimento e melhora da qualidade da pele. Não é um laser, pois emite energia através de uma faixa die amplo espectro de comprimento de onda em cada pulso. Esta luz gera calor na pele, que atinge vários tipos de alvo: a melanina (sardas), os vasos sanguíneos (microvarizes da face e colo) e o colágeno (flacidez e rugas). Isto permite tratar uma variedade de imperfeições da pele em um mesmo momento.

Quais as indicações?

Alterações da pele decorrentes de exposição crônica ao sol – grandes áreas de pigmentação na face, colo e braços
Lesões pigmentadas, como manchas senis ou melanoses solares
Rosácea
Telangiectasias: vasos dilatados
Estrias avermelhadas
Quantas sessões são necessárias?

O tratamento é feito em 4 a 6 sessões, uma em cada mês, é praticamente indolor e o paciente pode retornar às suas atividades logo após a sessão.

Consulte nossa equipe para mais informações sobre os procedimentos.

Podologia - tratamento especializado para os pés

  • Podoprofilaxia básica – corte correto das unhas, retirada de unha encravada sem inflamação (onicocriptose) e finalização com hidratação.
  • Podoprofilaxia especial – tratamento básico, além da remoção de calos e calosidades plantares e massagem relaxante.
  • Onicocriptose com granuloma piogênico – unha encravada com crescimento do tecido de granulação, com ou sem infecção associada. O tratamento consiste na higienização da área acometida, além de cauterização química com acolchoamento e curativo.
  • Curativo – tratamento para unhas infeccionadas e inflamadas.
  • Ortoplastia – tratamento com molde de silicone para joanete, calosidades dos dedos (artelhos e metatarso), correção do arco metatarsiano, esporão de calcâneo e outros.
  • Órtese – correção total ou parcial da lâmina com FMM (fibra de memória molecular).

Terapia Fotodinâmica

terapia_fotodinamica_01terapia_fotodinamica_02terapia_fotodinamica_03

 

 

 

 

 

 

A medicina está sempre em busca de novos tratamentos para antigos problemas. No campo da dermatologia não é diferente. A terapia fotodinâmica (TFD) surge como uma alternativa para o tratamento de fotorejuvenescimento, hiperplasia sebácea, acne, tumores cancerosos e pré-cancerosos e outros problemas da dermatologia médica e estética.É aplicado um produto fotossensível na pele que penetra e se instala nos tecidos tumorais, nos folículos pilosos e nas glândulas sebáceas. Ele capta a irradiação de uma luz concentrada e direcionada para a área a ser tratada, provocando a destruição do tecido desta área.

A Terapia Fotodinâmica foi usada pela primeira vez há 100 anos como uma opção de tratamento do câncer de pele. Desde então, os médicos vêm testando vários compostos que podem se unir a diversos tipos de tumores internos e externos ou a estruturas benignas, como folículos pilosos e glândulas sebáceas, e serem ativados pela luz para possibilitar destruição localizada. Esta terapia está ocupando um espaço cada vez mais ativo na dermatologia. O tratamento é feito por aparelhos especiais para a emissão de luz, como a luz azul, o laser e a luz intensa pulsada.

A TFD apresenta uma série de vantagens no tratamento de tumores em relação aos métodos convencionais (quimioterapia, radioterapia e cirurgia). Os três tratamentos classicamente adotados contra o câncer apresentam inúmeras desvantagens, como, por exemplo, a desfiguração do paciente, com prejuízos à sua auto-estima, inúmeros efeitos colaterais (quimioterapia e radioterapia), além de uma perspectiva de cura nem sempre eficaz.

A terapia fotodinâmica é mais uma técnica no arsenal de tratamentos que usam aparelhos para o controle das diversas doenças da pele. A TFD diminui a necessidade do uso de medicamentos e o índice de efeitos colaterais e, ao mesmo tempo, visa facilitar a vida dos indivíduos.

008

Pesquisa clínica

O setor de Pesquisa do IDERJ realiza estudos clínicos e epidemiológicos.Os objetivos variam em função de cada projeto contratado. Participamos em estudos clinicos fase III (verificação da eficácia e/ou melhor posologia de medicamentos) e fase IV, com medicamentos e cosmecêuticos, alem de estudos epidemiológicos. Em geral estudos multicêntricos tanto nacionais quanto internacionais. Todas as pesquisas são aprovadas por Comitê de Ética e se baseiam nas boas práticas clínicas.

Participação da equipe em encontros científicos

A equipe médica do Instituto de Dermatologia e Estética do Rio de Janeiro – Iderj está presente nos mais importantes eventos científicos do mundo, tanto na condição de participantes quanto de palestrantes. Essa atualização constante permite trazer para a rotina do Iderj as mais recentes novidades do mundo da dermatologia. Confira alguns eventos com frequentados com periodicidade pelos(as) doutores(as):

  • Meeting da Academia Americana de Dermatologia – AAD
  • Congresso Mundial de Dermatologia
  • Congresso Brasileiro de Dermatologia
  • Congresso Ibero Latinoamericano de Dermatologia – CILAD
  • Simpósio de Cosmiatria e Laser da Sociedade Brasileira de Dermatologia
  • Reunião Anual dos Dermatologistas Latinoamericanos – RADLA
  • Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica

Publicações

Atlas de Psoríase (1ª edição)

atlas-psoriase

LUNA AZULAY-ABULAFIA, LUNA, FELIX, P. A. O.
Atlas de Psoríase. Rio de Janeiro : Elsevier, 2014, v.01. p.148.
LUNA AZULAY-ABULAFIA, LUNA
Psoríase Ungueal In Atlas de Psoríase: 1ª ed.Rio de Janeiro : Elsevier, 2014, p. 49-59.
LUNA AZULAY-ABULAFIA, LUNA, FELIX, P. A. O., ROMITI, R.
Psoríase Pustulosa In Atlas de Psoríase: Psoríase Pustulosa.1ª ed.Rio de Janeiro : Elsevier, 2014, p. 21-35.
OLIVEIRA, M. F. S. P., LUNA AZULAY-ABULAFIA, LUNA
Diagnóstico Diferencial in Atlas de Psoríase: 1ª ed.Rio de Janeiro : Elsevier, 2014, v.01, p. 85-116.

Atlas de Dermatologia: da Semiologia ao Diagnóstico (1ª edição)

190_atlas1

Autor: Azulay Abulafia, Luna; Bonalumi Filho, Aguinaldo; Rubem Azulay, David; Pereira De Carvalho Leal

Editora: Elsevier / Medicina Nacionais

O Atlas de Dermatologia: da Semiologia ao Diagnóstico é fruto de um trabalho de mais de 20 anos de pesquisa e dedicação à Dermatologia. Foi elaborado a partir de uma coleção de cerca de 12.000 fotografias que retratam as afecções dermatológicas, inclusive as de maior incidência no Brasil.

O Atlas foi organizado em duas partes. A primeira, orienta o leitor a examinar o paciente e reconhecer as lesões elementares, morfologia e arranjos, conduzindo-o ao início do raciocínio diagnóstico. Cada lesão elementar é ilustrada com um desenho esquemático junto com diversas fotos de diagnósticos diferenciais. Ainda nesta parte há uma lista de doenças elaboradas a partir das suas lesões elementares. Na segunda parte, cada doença constitui um capítulo, que se encontra em ordem alfabética. Cada capítulo apresenta: sinonímia, epidemiologia, etiologia, clínica, diagnóstico, diagnóstico diferencial e tratamento, além de várias fotos ilustrativas.

Atlas de Dermatologia (2ª edição)

280820133154_Atlas-de-Dermatologia-Luna-Azulay_G

Autores: AZULAY, Luna; HANAUER, Larissa; AZULAY, David Rubem; LEAL, Fabiano Roberto Pereira de Carvalho; FILHO, Aguinaldo Bonalumi

Editora: Elsevier / Medicina Nacionais

O maior e o mais abrangente Atlas das Doenças de Pele, escrito pelos grandes nomes da dermatologia Nacional!

Após o grande sucesso da primeira edição, a Elsevier lança a segunda edição do livro Atlas de Dermatologia: da semiologia ao diagnóstico coordenada pelos renomados Editores-chefes Luna Azulay-Abulafia, Larissa Hanauer de Moura, Fabiano Roberto Pereira de Carvalho Leal, David Rubem Azulay e Aguinaldo Bonalumi. A obra conta agora com 209 colaboradores das mais diversas regiões do Brasil e apresenta capítulos com doenças emergentes e recentemente diagnosticadas na dermatologia.

Atlas de Dermatologia: da semiologia ao diagnóstico (2ª Edição) conta com mais de 1.900 imagens, com texto dividido em duas seções: Exame Dermatológico e Afecções Dermatológicas de A a Z.

Na parte Exame Dermatológico, há orientações de como examinar o paciente e reconhecer as lesões elementares – que são acompanhadas de ilustrações esquemáticas e fotografias correspondentes, morfológicas, arranjos e fenômenos que ocorrem em algumas doenças, com o objetivo de auxiliar o diagnóstico.

A segunda seção do Atlas de Dermatologia mostra as Afecções Dermatológicas organizadas em ordem alfabética. Cada afecção é detalhada com sinonímia, epidemiologia, etiologia, clínica, diagnóstico, diagnóstico diferencial e tratamento, incluindo várias fotografias.

Todos os autores abordam o aspecto morfológico das dermatoses com referência às diferentes áreas do conhecimento médico, o que torna este livro indispensável para dermatologistas e para clínicos em geral. A obra é fundamental para um diagnóstico mais preciso e um melhor tratamento dos pacientes.

Dermatologia e Gravidez

192_gravidez

Autores: Azulay Abulafia, Luna; Alves, Gilvan Ferreira; Costa, Adilson

Editora: Elsevier / Medicina Nacionais

Dermatologia e Gravidez é a primeira e única obra que integra Dermatologia e Obstetrícia, pois contempla uma questão essencial para o profissional: tratar a paciente grávida de forma segura.

Nesta obra, o profissional encontrará orientações para realizar procedimentos estéticos e cirúrgicos nas pacientes grávidas, bem como diagnosticar e tratar diferentes dermatoses neste período da vida da mulher. Os capítulos contêm mais de 200 imagens, possibilitando melhor visualização e compreensão dos assuntos abordados.

Dermatologia (6ª edição)

Autores: Azulay, Rubem David, David Rubem Azulay, Luna Azulay – Abulafia

Editora: Guanabara Koogan

Em anos de trabalho foram seis edições e a tradução ampliada, modificada e atualizada para o espanhol. Essa versão traduzida foi a grande catalisadora que nos remeteu à conclusão da presente obra. Associado é claro está o desejo de sempre aperfeiçoá-la e modernizá-la.

Todos os capítulos foram revistos e alguns modificados. Algumas doenças e sídromes e alguns assuntos e medicamentos novos foram inroduzidos, além de dois novos capítulos. Um deles versa sobre “Exames Genéticos” na Dermatologia e outro sobre “Ética Médica”.

Clique nos nomes dos setores para ver os especialistas responsáveis por eles.

Dermatologia

O IDERJ atua em todas as áreas da Dermatologia: Clínica, Cirúrgica e Estética, contando com uma equipe em que todos os dermatologistas possuem título de especialista pela SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia).

Coordenação: Prof. Dra. Luna Azulay Abulafia

Dra. Juliane Rocio Neves

Dra. Marcela Benez

Esteticista: Maria José do Nascimento

Podóloga: Joelma de Almeida Santos

Pesquisa clínica

Investigadora:

Prof. Dra. Luna Azulay Abulafia

 

Co-investigadores:

Dra. Juliane Rocio Neves

Dra. Marcela Benez

 

Coordenação administrativa de pesquisa clínica:

Marcia Alevato

Copyright 2014 | Azulay Dermatologia | Todos os direitos reservadosDesenvolvido por Visana Comunicação